Você está visualizando atualmente Deep Fake: Assim Será A Manipulação Do Futuro

Deep Fake: Assim Será A Manipulação Do Futuro

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Tecnologia

Imagine um video em que você está falando. É você, é a tua voz, suas palavras são. Mas é incerto. Vê-Lo, contudo não se poderá acreditar, já que ele entende que é mentira. Que nesse instante você não estava compartilhando isso.

Mesmo que você não alegou jamais aquilo que está observando e ouvindo. A isso se chama deep fakes, os videos manipulados, a espantoso expansão das fake news. E o problema não é que lhe possam enviar esse video e mencionar uma piada. O problema é que esse filme você pode observar outros e confiar, em razão de, ao término e ao cabo, é você o que fala e o que aparece pela imagem. Por que ia ser falsidade? Ou, melhor dito:

Esse algoritmo é apto de manipular vídeos sincronizando sons com movimentos faciais. Sobre tudo os lábios, entretanto assim como o arqueado das sobrancelhas, as respirações, os olhos. E tuas escolhas, além de lúdico, são perigosas se forem utilizados pra manipular dicas. O fenômeno começou de forma um tanto grosseira, adaptando os movimentos da boca em sons, porém foi melhorando com uma impressionante peculiaridade.

  • Cagnolati, B. E., comp.(2012)
  • Schmitt, Lothar M (2001), Theory of Genetic Algorithms, Teórica Computer Science 259: 1-61
  • Visual basic
  • Possível vândalo: Greco123469 (disc. · contr. (apagadas) · reg. (bloqueios) · bloquear)
  • Quase dois milhares de pessoas já confirmaram presença no evento
  • 1940 D. C Primeiro micro computador eletromecânico Alan Turing
  • Altura: 1.Cinquenta m
  • O universo se entusiasma para proteger a ciência

Algumas atrizes famosas, como Scarlett Johansson, que já foram vítimas nesse tipo de filme, entretanto com uma versão que não procura pontualmente fazer-lhe falar o que não citou. Concretamente, procura-se mais a imagem que a frase: puseram o teu rosto em filmes pornô, onde a atriz é real, todavia lhe mudam a cara até fazê-la parecer com ela.

E isso não tem feito mais que começar. Diante da probabilidade de ser utilizada com fins políticos ou criminosos, prontamente há quem deu a voz de alarme. A OTAN, a título de exemplo. O que aconteceria se o video manipulado um líder político aparece falando barbaridades?

o Ou se o tratamento da imagem sobressair um personagem muito importante cometendo um crime? Uma vez que como ela a rolar, a falsidade seria imparável. Entretanto, o especialista ainda vê latente a ameaça: “De momento são normalmente imagens com insuficiente movimento em que o único piscar de olhos podes fazer com que se note que é incerto.